Formulário de procura

Rafeiro Alentejano

Nascido na região do Alentejo, pensa-se que a sua origem resultou do cruzamento do cão da Serra da Estrela e do Mastim Espanhol.

5
A sua classificação: Nenhum (8 votes)

Enviar artigo a um amigo

Preencha os campos indicados em baixo.

Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

O artigo foi enviado.

Ocorreu um erro ao enviar o seu artigo.

Tente novamente.

Origem: Portugal;

Breve história: nascido na região do Alentejo, pensa-se que a sua origem resultou do cruzamento do cão da Serra da Estrela e do Mastim Espanhol. Foi usado como cão de guarda de rebanhos e de herdades;

Tamanho: Macho – entre 45 e 55 Kg;

               Fêmea - entre 40 e 50 Kg;             

Esperança média de vida: 14 anos;

Pelagem: negra, lobeiro, fulva ou amarela combinadas com branco. O pelo é médio, liso, grosso e denso;

Temperamento: O Rafeiro do Alentejo é um animal calmo, seguro de si, com um caráter nobre e digno. Extremamente leal e paciente com crianças. É um cão que não se adapta ao estilo de vida citadino. Precisa de espaço e exercício. Uma escovagem semanal é suficiente;

Adaptado a: exterior;

Características inatas: Cão pastor, cão de guarda e defesa. Cão de companhia;

Nível de adaptação a companhia: Bom;

Problemas de saúde mais comuns: Problemas articulares (Displasia da anca e cotovelos).